Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aqui, é o que me apetece!!

Não só o que me apetece, mas quando me apetece e sobre o que me apetecer! Tenho dito!... E vou continuar a dizer!



Terça-feira, 16.09.14

Osga: animal de estimação ideal para tempos de crise

Só a vimos na primeira manhã na casa para onde nos mudámos: lá estava aquela barriga, patas e rabo, brancos, espalmados contra o vidro do recuperador de calor da lareira.

 

OK, bem sei que já não tínhamos animal de estimação, que o Roberto (o nosso peixe) foi a primeira vítima dos fanicos domésticos que nos têm vindo a assolar, não tendo resistido a uma viagem de 10 minutos de carro entre uma casa e outra. 

 

Mas já tínhamos decidido que, uma vez que há tartarugas e peixes no lago, não íamos ter mais nenhum animal de estimação.

 

E eis que, contrariando os planos que tínhamos para a nova vida naquela casa, o recuperador de calor se transforma em reptilário e, todas as manhãs, sem excepção, lá está a nossa amiga osga a dar-nos os bons dias.

 

Reconheço que é um animal de estimação fácil de cuidar:

  • Não temos gastos com comida e também não lha damos. Aliás estão todos proibidos de abrir a lareira pois, sendo uma espécie protegida pela Lei portuguesa, não estou para andar a correr atrás da osga pela casa fora apenas para a pôr na rua e ela voltar a entrar pela chaminé. Quando vier o inverno, se houver inadvertidamente algum barbecue de osga, a culpa não é nossa...;
  • Até porque não temos de a passear na rua. Como desaparece assim que nos levantamos e chegamos à sala (e só a voltamos a ver na manhã seguinte...), presumo que vá à rua sozinha e por lá se alimente, que já lá estamos há 2 semanas e meia e ela nem por isso me parece mais magra;
  • Sendo um animal de estimação auto-suficiente em todos os aspectos, o que é que poderíamos pedir mais?

Que mudasse de casa... Alguém quer uma osga?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Mamã às 13:52


8 comentários

De Olívia a 16.09.2014 às 18:27

Só de ler o post estou arrepiada... se há bicho que me enerva e que realmente detesto é exactamente a osga...
Espero que o bicho não dure muito tempo...
Olívia

De marrocoseodestino a 17.09.2014 às 09:14

Deus me livre, aqui a menina já tinha mudado de casa, ou pedido a alguém par a retirar de lá.
Não consigo estar perto desses bichos horríveis,

De Mamã a 17.09.2014 às 15:35

Eu odeio tudo o que seja anfíbio e réptil; aquelas peles brilhantes, nojentas, não raras vezes verdes.... A sério: dá-me um fanico.

Mas neste caso, não posso permitir que abram a lareira: enquanto assim for, é ela do lado de lá e nós do lado de cá. Se ela foge... aí sim, quem muda de casa sou eu!!!!!

De J. M. a 19.09.2014 às 15:07

Hummmm Eu às vezes penso em ter um bicho lá em casa... mas só de imaginar a trabalheira!
Essa orga parece ser o bicho ideal!
Manda por CI.

De Mamã a 19.09.2014 às 16:22

Vou tentar convencer o José Pedro Fortunato a ir lá a casa apanhá-la e acondicioná-la, e depois envio-ta.

Tens lareira com recuperador?
Se não, também te posso enviar o aquário do Roberto (o tal peixe que morreu na abertura da série de fanicos da família Militão). Aí já não sei muito bem, mas deverei ter que pedir uma caixa ao Martim e escrever frágil do lado de fora... Acho que o aquário não dá para ir por CI....

De Mamã a 19.09.2014 às 16:23

E não é uma orga, que deve ser um cruzamento de orga com osga...
É mesmo só uma lagartixa, ok???

De BataeBatom a 20.09.2014 às 21:58

Ri-me imenso com este post!
E dispenso a osga. Guardem o bicharoco para um churrasco na lareira, sim... :p

De Mamã a 20.09.2014 às 22:08

Ainda hoje o meu filho perguntou quando é que acendíamos a lareira... no meio de uma conversa acerca da osga!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930