Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Aqui, é o que me apetece!!

Não só o que me apetece, mas quando me apetece e sobre o que me apetecer! Tenho dito!... E vou continuar a dizer!



Segunda-feira, 22.09.14

O mistério da osga branca

E por fim, ela não resistiu e veio visitar-nos sem ser dentro do recuperador de calor.

 

Não sei se é a mesma ou não, mas a verdade é que é uma osga albina, toda clarinha, e, penso eu que pela ausência daquele aspecto de picos, daquele aspecto meio pré-histórico, que a bicha não seja venenosa.

 

 

 

É parecida com esta aqui. Não acham mesmo que eu ia ficar maravilhada com a convidada que apareceu e que ia fotografá-la, pois não?

 

Quando, no sábado à noite, confortavelmente sentada na varanda, a vi toda gorducha - mas não assim espalmada - confortavelmente instalada na parede por cima da janela da varanda da cozinha, o meu cérebro congelou.

 

Chamem-lhe instinto primitivo de proteção, chamem-lhe medo, chamem-lhe terror ou o que quiserem. A mim, quando me dei com os olhos nela, só me apetecia chorar.

 

Esta nova casa começa mais a parecer um mini-zoológico dedicado a espécies de insectos e de répteis.

Bem sei que ter um lago do lado de fora e muitas plantas também ajuda.... mas não a mim, que odeio estas bichezas.

 

Esta aparição nocturna deu azo a bate-boca: o Marido queria assustá-la dali para fora; eu queria fechar-me dentro de casa... Mas tinha que entrar pela cozinha. Decidimos deixá-la lá, entrar e fechar as janelas.

 

Hoje de manhã, a nossa visita do reptilário não apareceu. E a que estava instalada na parede também tinha sumido.

Estaremos nós a falar da mesma criatura? Não sei, mas a verdade é que proibi o Marido de abrir o recuperador de calor.

 

Bom, bom, era que não aparecesse mais nenhuma. Nem dentro, nem fora de casa.

 

Odeio estas «amigas osgas».... Até fico com pele de galinha só de escrever ....

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Mamã às 00:01


6 comentários

De J. M. a 22.09.2014 às 15:48

Isso já parece um filme estilo The Strangers ou The Purge!
A osga assassina vai e vem, aterrorizando a família até tentar dar o golpe fatal. Mas a destemida mãe, como valente matriarca que é, dá a volta ao enredo e acaba vitoriosa sobre a horripilante orga!

De Mamã a 22.09.2014 às 17:10

SPOOKY!!!!!

Mas acho que basta acenar-lhe com a vassoura.... Ou acender a lareira :)

De marrocoseodestino a 23.09.2014 às 13:54

Eu se tivesse no teu lugar tinha desmaiado.
essas coisas arrepiam-me.

De Mamã a 23.09.2014 às 13:57

Pouco faltou....

De ana a 02.10.2014 às 09:45

As osgas são de extrema utilidade ao "Homem". Alimentam-se dos insectos praga das culturas. Não fazem mal a ninguém: nós humanos, é que realmente somos muito injustos para com este animal. No meu quintal circulam à vontade, sem sequer terem medo de nós. Quando entram pelas janelas (no Verão), "convenço-as" a sair, pois dentro da minha casa só lá entra quem eu quero...

De Mamã a 02.10.2014 às 11:11

Nós nunca as tentamos afastar. Também porque só circulam livremente na nossa varanda e a que está no recuperador não sai de lá porque, tal como a Ana, nunca lhe abrimos a porta....
Em nossa casa também só entra quem queremos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930